Falta de velocidade da Mercedes e de confiabilidade na Ferrari

Escrito por: Redação

Não dá para considerar o GP da Malásia, realizado neste domingo, sozinho. Quando o assunto é a disputa pelo título entre Lewis Hamilton, da Mercedes, e Sebastian Vettel, Ferrari, é preciso ter em mente a etapa anterior também, o GP de Cingapura. Os dois eventos levantaram questões cuja resposta provavelmente definirá o campeão do mundo.
Isso porque a vantagem de 34 pontos de Hamilton, segundo no Circuito de Sepang, sobre Vettel, quarto, 281 a 247, restando cinco provas, não lhe garante nada, apenas o deixa em uma boa condição para vencer o mundial pela quarta vez. Com uma performance de gala Max Verstappen, da RBR, ganhou a corrida deste domingo, com seu companheiro, Daniel Ricciardo, em terceiro.
A primeira pergunta é o que aconteceu com a Mercedes na Malásia e mesmo no Circuito Marina Bay, dia 17, na prova noturna da F1? Hamilton estabeleceu a pole sábado, em Sepang, mas ao longo da prova Max o ultrapassou na quarta volta para não ser mais importunado. E em Cingapura Hamilton, como ele mesmo disse, obteve a vitória menos esperada da carreira.
Fonte: GE

Deixe seu comentário